Enviando sua mensagem...

Arquivo anexado

Economia

Confira 5 dicas para alta produtividade no plantio de trigo

Compartilhe:

Para atender a alta demanda e ter sucesso na plantação de trigo, o agricultor precisa ter alguns cuidados específicos.

De acordo com o relatório da USDA (Departamento de Agricultura dos Estados Unidos), na safra de 2020/2021, a quantidade de trigo produzida e que será consumida e exportada será maior em relação à safra 2019-20, indicando um aumento de 9,51 milhões de toneladas no mercado em todo o mundo. Ao nível nacional, o Brasil deve ampliar em 300 mil toneladas a sua produção de trigo, chegando a 5,5 milhões de toneladas de grãos produzidos.


Para atender a alta demanda e ter sucesso na plantação de trigo, o agricultor precisa ter alguns cuidados específicos. Por isso, é fundamental se planejar e entender as particularidades dessa cultura, principalmente no que diz respeito ao plantio - uma das etapas mais importantes do processo de produção do grão.


Confira as 5 boas dicas sobre o plantio de trigo, que podem te ajudar a ter resultados ainda melhores na lavoura:




1. Preparo do solo para plantio de trigo

Em qualquer produção, as boas práticas são fundamentais para o sucesso da lavoura, por isso, comece pela análise do solo. Assim, você  poderá escolher a área ideal para a implantação de sua cultura.


Evite semear em solos que apresentem condições prejudiciais, como alta compactação, má drenagem ou excessivamente expostos a temperaturas muito baixas. Se você identificar limitações no seu solo, faça a correção prévia antes do plantio para garantir uma boa produção.


É importante lembrar que a cultura do trigo é bastante sensível e exige o manejo adequado conforme a necessidade. 


Se você tem dúvidas sobre o preparo do solo, visite os outros artigos do nosso blog. 




2. Manejo de plantas daninhas pré e pós-plantio:

Faça um planejamento para o controle de plantas daninhas em sua lavoura, juntamente com um profissional capacitado. Esta etapa é muito importante, pois fases iniciais da cultura são extremamente sensíveis à matocompetição. 


Para se ter ideia, nos primeiros 50 dias após a emergência do trigo, mesmo com um  pequeno número de plantas invasoras, estas podem afetar o crescimento e reduzir consequentemente a produtividade devido à matocompetição. Por isso, saber identificar quais invasoras estão ocorrendo no local ajuda a selecionar os herbicidas a serem utilizados, garantindo a melhor eficiência de controle na lavoura e os melhores tetos de produtividade.




3. Fique atento às condições de plantio

Realize o planejamento de sua semeadura, acompanhando as previsões climáticas do local de plantio, pois condições como umidade, temperatura e chuva interferem diretamente na qualidade do grão durante todo o ciclo da cultura.


Para umidade, o ideal para cultivar o trigo é de 70%. Umidades muito elevadas podem acarretar danos fitossanitários, influenciando diretamente no rendimento dos grãos. Então fique atento!


Para a temperatura, na emergência do trigo, temperaturas do solo entre 15 °C e 20 °C são favoráveis. O máximo suportável são 26ºC. Acima disso, a temperatura pode ser prejudicial para o estabelecimento da cultura!




4. Atenção nas cultivares 

Saiba escolher suas sementes com sabedoria, pois elas influenciam diretamente no estabelecimento da cultura. Por isso prefira sementes que tenham boa adaptabilidade e invista na diversificação de cultivares em sua propriedade.


 As cultivares ideais são aquelas mais tolerantes a pragas e doenças, com alto potencial produtivo. Você pode ver algumas cultivares disponíveis em nosso site.


Dica: o uso de sementes certificadas é fator preponderante para o sucesso da implantação da cultura. Além disso, antes de iniciar o plantio, é importante realizar um teste de emergência em canteiros, para estimar a viabilidade das sementes.




5. Utilize o espaçamento ideal

Para qualquer planta, o melhor espaçamento é aquele em que ela  pode expressar suas melhores características. Para o plantio de trigo na linha, geralmente são indicados:


. Espaçamento entre linhas de 17 a 20 cm;

. Densidade média de 200 a 400 sementes viáveis por m²;

. Profundidade de semeadura de 2 a 5 cm.


Caso você prefira o plantio a lanço, é possível distribuir as sementes de maneira manual ou mecanicamente. Mas nesses casos o espaçamento será sempre  irregular e desuniformidade.




Se você tiver alguma dificuldade em alguma das etapas, não hesite em pedir ajuda profissional. O time da Agrofel possui técnicos com alto grau de qualificação e experiência para te ajudar a alcançar ótimos números na lavoura.

Agrofel

Há mais de 4 décadas presente no Rio Grande do Sul ao lado do agricultor do plantio a colheita com soluções integradas para a busca de altas produtividades.

Atendimento

Central de Atendimento

Fone: 55 51 3326-5000
Atendimento de segunda a sexta-feira, das 8h às 18h.
Matriz: Avenida Bagé, 1430 | Bairro Petrópolis | Porto Alegre | RS | CEP: 90460-080

Associados

Canais de Denúncias