Notícias

.

Emater/RS anuncia dados oficiais da colheita de soja no RS

Leia a matéria completa no site da Emater/RS

Em ato de encerramento oficial da colheita de soja no País, que reuniu autoridades estaduais e federais, bem como lideranças municipais, foram celebrados os resultados da safra de soja 2017/2018. O evento marcou o primeiro dia da Feira Nacional da Soja (Fenasoja 2018), nesta sexta-feira (27/04), no Parque Municipal de Exposições de Santa Rosa, em área ao lado da Exporural.

O encerramento ocorreu no mesmo dia em que o presidente da Emater/RS, Iberê de Mesquita Orsi, anunciou os principais dados, levantados pela Gerência de Planejamento (GPL) da Instituição, em relação à safra 2017/2018, que até a última semana estava com 91% da área total colhida, devendo atingir a totalidade nos próximos dias.

A área total cultivada com o grão no Estado é de aproximadamente 5,71 milhões de hectares, o equivalente a 3,29% a mais em relação à área cultivada na safra anterior. Se levada em conta a evolução da cultura da soja no Estado nos últimos 10 anos, há uma ampliação de 112,92% na produção (de 8,02 milhões de toneladas, em 2009, para 17,08 milhões de toneladas, em 2018), enquanto que a área cresceu 49,35%.

No entanto, estima-se que a produção total desta safra representa uma redução de 8% em relação ao ano anterior (18,57 milhões de toneladas), resultante principalmente de fatores climáticos adversos em algumas regiões. Em relação aos aspectos econômicos, levando em conta o preço médio praticado no dia 26/04, o valor bruto da produção no RS equivale a um montante de R$ 21,59 bilhões.

Estima-se que a produtividade média seja de 2,99 mil kg/ha (49,8 sacas/ha), 10% menor que a média da safra anterior. Apesar desta redução, a produtividade esperada é a segunda maior dos últimos 10 anos, ficando atrás apenas da média da safra passada.

Entretanto, há uma variação significativa na produtividade em diferentes regiões do Estado, sendo que na região de Pelotas, por exemplo, a produtividade gira em torno de 1,7 mil kg/ha (28,9 sacas/ha), enquanto que na região de Santa Rosa, no Noroeste, chega a 3 mil Kg/ha (50,93 sacas/ha) e a região de Passo Fundo, no Norte, a 3,6 mil kg/ha (60,3 sacas/ha).

Leia a matéria completa no site da Emater/RS