Notícias

.

Tecnologia é importante, mas avanço da produção passa também pela ação do produtor

@ Envato

Para o engenheiro agrônomo Dirceu Gassen, informação e conhecimento são pontos-chave

No passado, a lógica da agricultura era:  “Meu filho, se você não estudar, vai ficar na roça”. Hoje, com tanta tecnologia embarcada nas máquinas, o conceito é: “Meu filho, se você quiser ficar na roça, vá estudar”.

Com essa frase, o engenheiro-agrônomo Dirceu Gassen, da Gassen Assessoria Agropecuária Ltda., aponta que informação e conhecimento passam a ser pontos-chave para a agricultura.

“A essência da evolução é o treinamento”, disse Gassen nesta quarta-feira (13), em Goiânia (GO), no 8º Congresso Brasileiro de Soja, promovido pela Embrapa. O treinamento define questões importantes como gestão de pessoas, do solo e das plantas, afirma.

O avanço da tecnologia é grande, mas a ação humana ainda é importante no aumento de produtividade. Uma pesquisa da assessoria com os produtores mostrou que os princípios básicos da evolução para os mais eficientes do setor de soja são “capricho, hora certa para atuar, fazer tudo bem-feito, ter uma boa assistência técnica e exercer a atividade com paixão”.

A avaliação de Gassen confere com a de várias empresas a respeito do que é necessário para uma evolução constante de produção no Brasil. A tecnologia avança, mas solo e dedicação dos produtores são essenciais.

Leia na íntegra em Folha de São Paulo