Notícias

.

Exportações de soja devem chegar a 73 milhões de toneladas em 2019

A exportação de soja poderá alcançar a marca de 73 milhões de toneladas no acumulado deste ano

A Associação Nacional dos Exportadores de Cereais (Anec) divulgou as principais projeções para a exportação de cereais em 2019. Segundo a entidade, a exportação de soja poderá alcançar a marca de 73 milhões de toneladas no acumulado deste ano, previstas anteriormente. Já para a exportação de milho, a previsão é de 31 milhões de toneladas embarcadas. Essas expectativas estavam condicionadas a uma previsão de safra excelente até meados de dezembro.

“Hoje, sabemos que teremos uma safra com viés de baixa em relação a do ano passado. Dados indicam que deveremos ter perdas resultantes de calor excessivo no Oeste do Paraná, Sul do Mato Grosso do Sul e em alguns pontos do Centro-Oeste. Desta forma, nossas previsões de exportação de grãos poderão sofrer alterações decorrentes do clima”, afirma Sergio Mendes, diretor geral da Anec.

Fator preponderante para o crescimento das vendas da soja brasileira no mercado chinês em 2018 foi, sem dúvida, a guerra comercial entre China e Estados Unidos. Para ter ideia da relevância deste mercado para o Brasil, 97% dos embarques de soja em novembro do ano passado tiveram como destino a China. “Embora o Brasil tenha sido beneficiado com um volume estimado em cerca de 10 milhões de toneladas absorvidas pela China, esse cenário gera imprevisibilidade, o que não é desejável para o nosso setor, que já lida com diversas outras variáveis, como o clima, oscilações do real com relação ao dólar e questões logísticas”, diz Mendes.

Leia na íntegra em Udop